Welcome to Evently

Lorem ipsum proin gravida nibh vel veali quetean sollic lorem quis bibendum nibh vel velit.

Evently

Stay Connected & Follow us

Simply enter your keyword and we will help you find what you need.

What are you looking for?

Les mondes de la musique / musikaren munduak
Haizebegi
  /  Film Woya Hayi Mawe

Film Woya Hayi Mawe

Dates et lieux(1)

  • Mercredi 16 octobre

    20.00 - 21.00

    Cité des Arts, Bayonne
    Payant

20h Film Woya hayi mawe: Où vas tu ? (Brésil, 2018, 47 min. VOST), de Jasper Chalcraft e Rose Satiko Hikiji, en présence de la réalisatrice

Montage: Laboratório de Imagem e Som em Antropologia (Université de São Paulo)

Woya hayi mawe: para onde vais? A letra dessa canção ecoa a busca de Lenna Bahule, música moçambicana, tanto em sua cidade natal – Maputo – quanto em São Paulo, seu lar adotivo. Do palco às periferias urbanas, vemos como Lenna enfrenta as dificuldades de ser música, mulher e negra no Brasil e em Moçambique. O mundo artístico de São Paulo cobra sua africanidade, suas referências africanas, suas raízes. Já em Moçambique, Lenna é agora conhecida por seu sucesso no Brasil: ela traz algo do poder cultural do Brasil para a cena artística de Maputo. De volta a Moçambique, ela redescobre seu país com novos olhos. Lenna encontra uma inspiradora geração de músicos de Maputo, que ela envolve na produção de um show no Centro Cultural Franco Moçambicano. Seja nesta importante instituição cultural, seja no sítio de sua avó ou em um projeto social na periferia de Maputo, vemos Lenna e os artivistas de Maputo investigando a música tradicional e popular de Moçambique e descobrindo novas rotas musicais e ativistas. Navegando entre o ativismo e o palco, entre a África imaginada que o Brasil espera encontrar nela, e o cosmopolitismo brasileiro que São Paulo lhe imprime, Lenna descobre – em uma canção tradicional Chopi que viaja – que suas raízes musicais eram ainda mais poderosas do que ela imaginava.

Les explorations musicales de Lenna Bahule se font écho entre Maputo, son lieu de naissance, et São Paulo, sa ville d’adoption. Tout en faisant face aux difficultés d’être une musicienne noire, elle retourne sur la scène de Maputo forte de son succès au Brésil. Avec une nouvelle génération de musiciens de Maputo, Lenna Bahule explore les musiques traditionnelles du Mozambique pour découvrir de nouveaux parcours musicaux

Intervenants